Avaliação Psicológica | GoldenAura – Psicologia

O que é uma Avaliação Psicológica?

Excellent Customer Service Evaluation

A Avaliação Psicológica recorre à aplicação de testes psicológicos devidamente validados, para esclarecer a natureza de determinadas problemáticas que surjam no contexto da consulta psicológica. A avaliação poderá incidir em diversas áreas:

  • Desempenho das funções intelectuais e cognitivas (nomeadamente, memória, atenção e concentração, raciocínio, inteligência prática, inteligência criativa, organização perceptiva, etc.)
  • Personalidade
  • Emocional
  • Socialização
  • Despiste psicopatológico

A avaliação psicológica ajuda a definir as vias adequadas para a intervenção e pode ser pedida pelo próprio ou familiares, bem como por instituições de saúde, escolares, judiciais, assistenciais ou empresas.

situacoesavaliacao

Businessman in front of a chalkboard deciding with arrows and si
  • Criança:
    quando surgem dificuldades com a alimentação. Dificuldades no adormecer, pesadelos, terrores nocturnos, sonambulismo, chichis na cama (enurese). Quando sente o seu comportamento estranho (criança mais irritada, com mais medos – fobias, mais triste, isolando-se, fazendo birras, estando irrequieta, vomitando ou mostrando ansiedade). Quando há indicadores da “escola” de que algo não está a correr bem (na aprendizagem da leitura, da escrita, problemas de comportamento, défice de atenção e de concentração, hiperactividade, suspeita de dislexia, discalculia, de disgrafia ou de disortografia). Quando há problemas relacionais com um irmão. Quando sente que a criança está atrasada em algum aspecto do seu desenvolvimento ou está preocupado com ela.
  • Adolescente:
    quando sente que há dificuldades/alterações significativas com a alimentação (suspeita de anorexia, bulimia nervosa). Dificuldades no sono (insónia, hipersónia). Quando sente o seu comportamento estranho (alterações de humor constantes e sem razão aparente, isolamento, descontentamento generalizado, apatia, etc.). Quando há indicadores da “escola” de que algo vai mal (notas, comportamento, queixas dos professores, dificuldades de adaptação). Quando se sentir preocupado com ele por alguma razão.
  • Adulto:
    quando se sentir triste, sozinho, incapaz de resolver os seus problemas. Quando sentir que nada mais faz sentido, que o mundo lhe caíu em cima. Quando se sentir mal e não souber porquê. Quando sentir uma angústia sem nome, constante. Quando sentir um enorme vazio dentro de si. Quando sentir crises de pânico. Quando se sentir com alterações de humor constantes e sem razão.

Como decorre uma Avaliação Psicológica?

psychiatrist examining a male patient

Geralmente, a Avaliação Psicológica corresponde a diversas fases:

  • 1ª consulta: Ouvir as preocupações que estão em causa. Recolher informações acerca da história individual e familiar da pessoa (criança, adolescente ou adulto). Perceber as expectativas decorrentes desta avaliação. Explicar os passos seguintes.
  • Entrevista Clínica e utilização de Testes Psicológicos, de acordo com o caso clínico.
  • Consulta de devolução, onde se informa o resultado da avaliação (que resulta da análise das informações recolhidas na 1ª consulta e dos resultados qualitativos e quantitativos das Provas utilizadas). Esclarecimento de dúvidas e apresentação de uma proposta Terapêutica, quando necessário.

Quais os testes psicológicos a usar?

A avaliação psicológica que dispomos para podermos realizar uma análise rigorosa.

  • Avaliação Cognitiva e Intelectual

Utilizamos a WISC III e a WAIS III que analisa as competências cognitivas e intelectuais do sujeito, determinando as áreas fortes ou fracas assim como a influência do funcionamento intelectual na sua vida.

Utilizamos o Teste de Cópia de Figuras Complexas (Rey) para avaliar a percepção visual e a memorização visual. Permite despistar défices em crianças e adolescentes e deterioração mental nos adultos.

  • Avaliação da Personalidade

Utilizamos o Questionário Factorial de Personalidade (16PF-5) para averiguar as dimensões mais importantes da Personalidade. Este teste proporciona uma visão mais completa da personalidade, recolhendo informação acerca do maior número de factores possíveis da personalidade no mais pequeno espaço de tempo. Uma análise mais detalhada de resultados permite retirar informações quanto ao potencial de liderança, à criatividade, à empatia, às competências sociais, à auto-estima e à capacidade de adaptação/ajustamento do sujeito.

Utilizamos o CAT, o TAT e o Rorschach para a aceder à dinâmica psíquica e relacional. São testes que estudam o discurso, a estrutura da personalidade, os conflitos, os fantasmas e os mecanismos de defesa utilizados pelo sujeito e que condicionam os seus comportamentos. Estes testes projectivos e temáticos dão uma melhor perspectiva da relação do sujeito consigo mesmo, com o outro e com o meio. 

Recorremos ao Jogo e ao Desenho (especificamente em crianças) que nos ajudam a confirmar a riqueza, fantasia, desejos e afectos do sujeito. Privilegiamos o desenho livre, desenho da figura humana e desenho da família.

  • Orientação Vocacional

Utilizamos o IPP (Interesses e Preferências Profissionais) que é um Inventário que avalia os interesses e as preferências profissionais dos jovens, tomando em consideração profissões representativas de cada campo profissional, assim como as principais tarefas que lhes estão subjacentes. Este inventário também permite avaliar o grau de conhecimento dos sujeitos em relação às profissões e actividades mencionadas.

  • Avaliação Psicológica de Condutores

Para tal, utilizamos a BAPCON 37 que é um equipamento universal de psicometria computorizada. A BAPCON 37 é o único sistema completo de avaliação psicológica de conceção e produção portuguesas. Esta bateria tem como objetivo principal a avaliação psicológica de condutores e destina-se a ser utilizada pelos Gabinetes de Psicologia. Todas as provas cumprem as definições operacionais definidas pelo IMT de acordo com o novo Regulamento da Habilitação Legal para Conduzir (RHLC), anexo ao Decreto-Lei nº 37/2014. Todas as provas são administradas via computador, consola e estabilímetro, são de aplicação individual e cumprem os requisitos definidos no RHLC.